Rice pede à Rússia que interrompa ataques contra Geórgia e retire tropas

Washington, 8 ago (EFE).- A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, pediu hoje à Rússia que interrompa os ataques contra a Geórgia, respeite a integridade territorial do país vizinho e retire suas forças de combate do território georgiano.

EFE |

Em um breve comunicado, a secretária de Estado americana pediu "a cessação imediata do conflito armado na região georgiana da Ossétia do Sul", e foi especialmente dura com a Rússia, país com o qual os EUA mantêm uma relação tensa, e que apóia abertamente os separatistas.

"Pedimos à Rússia que interrompa os ataques contra a Geórgia com aviões e mísseis, respeite a integridade territorial da Geórgia e retire suas forças de combate de solo georgiano", disse Rice.

A Geórgia é aliada dos Estados Unidos no Cáucaso, e o Governo Bush sempre respaldou sua soberania e integridade territorial, além de pedir que a Rússia facilite o processo de paz com as regiões separatistas georgianas da Ossétia do Sul e da Abkházia.

Hoje, Rice voltou a ressaltar o "apoio da comunidade internacional à soberania e à integridade territorial da Geórgia dentro de suas fronteiras internacionalmente reconhecidas", como fica estabelecido em numerosas resoluções do Conselho de Segurança da ONU e inclusive na mais recente, de abril de 2008.

Rice, que falou hoje com as partes envolvidas no conflito, assegurou que Washington "seguirá trabalhando com os países para perseguir o fim das hostilidades".

"Os EUA trabalham ativamente com seus parceiros europeus na mediação internacional", disse Rice, acrescentando que para esses esforços é necessário o apoio urgente da Rússia.

Um enviado especial dos EUA está viajando à zona para somar-se aos esforços da comunidade internacional para mediar o conflito e evitar assim um agravamento do conflito. EFE cai/gs

    Leia tudo sobre: georgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG