Rice pede a renúncia de Robert Mugabe

COPENHAGEN - A secretária americana de Estado, Condoleezza Rice, pediu nesta sexta-feira a renúncia do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, e qualificou de farsa as discussões para a divisão do poder que o chefe de Estado zimabuano realiza com a oposição.

Redação com agências internacionais |

"Já está mais do que na hora de que Robert Mugabe se vá. Me parece algo evidente", disse Rice, em entrevista coletiva com o primeiro-ministro dinamarquês, Anders Fogh Rasmussen, encerrando uma visita rápida.


Rice encontra o primeiro-ministro dinamarquês Anders Fogh Rasmussen / AP

Rice acrescentou que os EUA não negarão ajuda ao povo do Zimbábue, apesar do Governo, ao qual culpou por eleições e processo posterior "vergonhosos".

Mugabe, de 84 anos, no poder desde 1980, assinou em setembro com o líder da oposição, Morgan Tsvangirai, um acordo para compartilhar o poder, mas o processo está paralisado por divergências sobre a atribuição de ministérios importantes.

Índia e Paquistão

A secretária americana de Estado Condoleezza Rice iniciou na quarta-feira uma missão urgente para tentar ajudar a solucionar a crise entre Paquistão e Índia. Nova Délhi culpa Islamabad pelos atentado em Mumbai que deixaram 188 mortos e centenas de feridos.

A Índia não tem dúvida de que os terroristas saíram do Paquistão e que os idealizadores dos ataques estão no território paquistanês e pede que o Paquistão a entregue 20 supostos terroristas.

Leia mais sobre Mugabe - Condoleezza Rice

    Leia tudo sobre: condoleezza ricemugabe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG