Rice pede a junta birmanesa para autorizar entrada de ajuda internacional

Washington, 7 mai (EFE).- A secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, pediu hoje à junta birmanesa que autorize a entrada de ajuda internacional ao país para atenuar os danos deixados pela passagem do ciclone Nargis, que pode chegar a um salde de 100.

EFE |

000 mortos.

Rice declarou à imprensa que "o que falta é a permissão do Governo de Mianmar para que a comunidade internacional ajude seu povo".

"Deveria ser algo muito simples, não é uma questão política", afirmou.

Segundo a secretária de Estado, os danos deixados pelo ciclone "são o tipo de desastre que sem ajuda externa só tende a piorar".

Até o momento, o regime militar birmanês rejeitou os pedidos dos EUA e de outras nações para permitir a entrada no país de equipes de ajuda que possam avaliar os danos e as necessidades criadas após a passagem do ciclone este fim de semana.

O Departamento de Defesa dos EUA enviou um avião de carga à Tailândia e outro se encontra a caminho, à espera que a junta birmanesa autorize a entrada de ajuda. EFE mv/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG