A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, lamentou nesta terça-feira o reconhecimento da independência das duas repúblicas separatistas da Geórgia, a Ossétia do Sul e a Abkházia.

"A intenção evidente da Rússia de reconhecer duas zonas, duas regiões que estiveram em conflito, que estão manifestamente nos limites das fronteiras internacionais da Geórgia reconhecidas por diversas resoluções das Nações Unidas, me parece lamentável", declarou Rice numa entrevista à imprensa conjunta com o presidente palestino, Mahmud Abbas, em Ramallah, na Cisjordânia.

"A Abkházia e a Ossétia do Sul fazem parte das fronteiras reconhecidas internacionalmente da Geórgia e continuam fazendo. Isto coloca a Rússia em oposição a inúmeras resoluções do Conselho de Segurança, do qual ela faz parte", acrescentou.

"Isto quer dizer simplesmente que o presidente russo continua não honrando os compromissos que os russos assumiram", destacou a secretária de estado americana.

"O cessar-fogo evocava também a importância de ir adiante numa via internacional para resolver este tipo de conflito, e ele é infeliz de ir de encontro com estas discussões internacionais", disse Rice, que encerrava uma visita de 24 horas em Israel e na Cisjordânia.

bur-pfm/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.