Rice diz que não disputa gás e petróleo cazaques com potências regionais

Moscou, 5 out (EFE).- A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, afirmou hoje, que os Estados Unidos não disputam com outros países, como a Rússia e a China, o acesso aos recursos energéticos do Cazaquistão.

EFE |

"Não competimos com outros países pelo 'amor' do Cazaquistão no âmbito energético", disse Rice durante uma entrevista coletiva em Astana, a capital cazaque.

Ao lado de seu anfitrião, o ministro de Assuntos Exteriores Marat Tazhin, Rice afirmou que "as relações econômicas e políticas dos EUA com o Cazaquistão se baseiam nos princípios da transparência" e visam transformar o país e toda a Ásia Central "em uma região aberta e próspera".

"O Cazaquistão mantém magníficas relações com seus vizinhos, e assim deve ser. Além disso, também tem relações muito boas com os Estados Unidos e os países da Europa", disse a chefe da diplomacia americana, citada pela agência russa "Interfax".

Rice fez esse comentário depois que Tazhin, respondendo a uma pergunta da imprensa, declarou que o Cazaquistão não pensa em revisar suas relações com a Rússia por conta do recente conflito na Geórgia.

"Nossas relações com a Rússia são magníficas e politicamente equilibradas. A Rússia é nosso parceiro estratégico", disse Tazhin, que também defendeu "boas e sólidas relações de trabalho" entre Moscou e Washington.

Sobre as relações de seu país com os EUA, o ministro cazaque classificou-as como "estáveis e estratégicas".

Rice, que chegou ao Cazaquistão vindo da Índia, em uma breve visita focada na cooperação energética e na segurança regional, deve se reunir com o presidente Nursultan Nazarbayev e o primeiro-ministro Karim Massimov.

Segundo Washington, Rice também conversará com líderes regionais sobre o papel do Cazaquistão como líder na Ásia Central e a disposição do país em impulsionar a democracia, defender os direitos humanos e dar prosseguimento a reformas políticas e econômicas. EFE se/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG