Rice discutirá com sócios europeus riscos de partilha de Kosovo

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, anunciou nesta quinta-feira que pretende conversar com seus sócios europeus sobre os riscos de uma divisão de Kosovo, durante uma reunião para a qual a Rússia não foi convidada.

AFP |

"Queremos nos assegurar de que não estão sendo feitos esforços, visando a uma partição de Kosovo", disse Rice à imprensa, a bordo do avião que a levava para Londres, onde acontecerá a reunião, nesta sexta.

"Kosovo é, agora, um Estado independente reconhecido por todos os Estados que participarão da reunião", acrescentou Rice.

Esse território de maioria albanesa se proclamou independente da Sérvia, de forma unilateral, em 17 de fevereiro. A independência foi reconhecida por cerca de 40 países, mas foi rejeitada por Belgrado e Moscou.

Participarão do encontro, além de Rice, os ministros das Relações Exteriores de Grã-Bretanha, França, Alemanha e Itália, assim como o chefe da diplomacia da União Européia, Javier Solana.

Os cinco países fazem parte do grupo de contato sobre Kosovo, ao qual a Rússia também pertence. O chanceler russo, Seguei Lavrov, estará amanhã em Londres para uma reunião do Quarteto para o Oriente Médio, mas não foi convidado para o encontro de Rice com seus colegas europeus.

"Levando-se em conta as divergências entre esses cincos países e a Rússia, o útil era coordenar nossa estratégia", explicou um responsável do Departamento de Estado, que pediu para não ser identificado.

sl/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG