Rice conversará com aliados árabes sobre Iraque e Irã

Abu Dhabi, 20 jul (EFE).- A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, se reunirá hoje, em Abu Dhabi, com os aliados árabes de Washington no Oriente Médio, para analisar a situação no Iraque e o programa nuclear do Irã.

EFE |

Rice, que visita os Emirados Árabes Unidos (EAU), primeira etapa de sua viagem asiática, deve reunir-se também com o presidente do país, xeque Khalifa bin Zayed al-Nahyan.

Segundo disseram à Efe fontes diplomáticas, no encontro de Rice com os aliados árabes dos EUA estarão representados, em sua maioria por ministros de Assuntos Exteriores, os seis países do Conselho de Cooperação do Golfo (Arábia Saudita, Kuwait, Barein, Catar, Omã e EAU), assim como Egito, Jordânia e Iraque.

Os países-membros do CCG não escondem sua preocupação com as atividades atômicas e o crescente poderio militar do Irã, país que tem fronteiras com todos os integrantes da aliança.

No entanto, vários responsáveis do Conselho mostraram repetidamente sua oposição a uma eventual ação militar contra o Irã, por temer que uma guerra no Golfo Pérsico prejudique suas exportações de petróleo, das quais dependem as economias da organização regional.

Por outro lado, Rice deve pressionar ainda mais os aliados árabes de seu país para que ajudem o Iraque e acelerem os passos para a reabertura de suas embaixadas em Bagdá.

Os Emirados Árabes Unidos deram este mês um importante passo nesta direção, ao anunciar a nomeação de seu novo embaixador em Bagdá e o cancelamento da dívida iraquiana e seus juros (cerca de US$ 7 bilhões no total).

Outros países árabes, como Jordânia, Barein e Kuwait também nomearam embaixadores no Iraque, enquanto a Arábia Saudita prometeu agir de forma semelhante. EFE fa/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG