Rice chega ao Paquistão depois de visitar a Índia

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, desembarcou nesta quinta-feira em Islamabad com o objetivo de tentar convencer o Paquistão a cooperar com a Índia na investigação dos atentados de Mumbai, cometidos segundo Nova Délhi por terroristas procedentes do Paquistão.

AFP |

O avião da chefe da diplomacia americana pousou em Chaklala, a base aérea militar da capital paquistanesa, procedente de Nova Délhi, donde Rice iniciou na quarta-feira uma missão urgente para tentar ajudar a solucionar a crise entre Paquistão e Índia, duas potências militares nucleares e países "irmãos inimigos".

A Índia não tem dúvida de que os terroristas saíram do Paquistão e que os idealizadores dos ataques estão no território paquistanês, de acordo com declarações do ministro indiano das Relações Exteriores, Pranab Mukherjee

"O Paquistão deve agir com urgência, com determinação, e cooperar plenamente, de forma transparente", insistiu na quarta-feira a secretária de Estado.

A Índia reclamou ao Paquistão a entrega de 20 supostos terroristas.

As autoridades paquistanesas alegam não ter nenhuma relação com os ataques coordenados, que deixaram 188 mortos em Mumbai, e que fará o possível para prender e julgar os culpados caso a Índia apresente provas de que os responsáveis se encontram no Paquistão.

sl-gir/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG