Washington, 1 ago (EFE).- A secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, avaliou hoje a aprovação no Senado de uma medida que prepara o terreno para que Trípoli indenize vítimas americanas de atos terroristas atribuídos à Líbia.

Em breve comunicado, a titular da diplomacia americana qualificou de "importante" a iniciativa aprovada na quinta-feira pela Câmara Alta, já que permite "avançar rumo à obtenção de uma indenização justa para os cidadãos americanos em seus processos contra o Governo líbio".

Rice declarou, além disso, que o trabalho conjunto do Governo americano e do Congresso "ajudará americanos a fecharem um doloroso capítulo em suas vidas".

A secretária de Estado ressaltou que os EUA desejam estreitar os laços bilaterais com a Líbia, ao mesmo tempo em que já foram resolvidos "litígios do passado".

O projeto de lei aprovado pelo Senado tem como objetivo melhorar as relações entre EUA e Líbia, desde que o Governo desse país resolva os "numerosos" casos de terrorismo pendentes e ofereça indenização às vítimas.

Esses casos incluem o atentado contra o vôo 103 da Pan Am em 1988 sobre Lockerbie, Escócia, no qual morreram 270 pessoas, entre elas 189 americanos.

Para que se transforme em lei, a iniciativa, ou uma similar, terá de ser aprovada também na Câmara de Representantes (Baixa), o que deve ocorrer depois do recesso legislativo de agosto. EFE cae/fr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.