Rezar em postos fez cair preço da gasolina, diz grupo dos EUA

Um grupo evangélico de oração dos Estados Unidos está dizendo ser o responsável pela recente diminuição do preço da gasolina no país, depois de passar meses rezando em postos de combustível. O grupo Pray at the Pump (Oração na bomba de gasolina, em tradução livre), organizado pelo ativista evangélico Rocky Twyman, começou a se reunir para rezar pela queda dos preços dos combustíveis em abril.

BBC Brasil |

Desde então, o preço da gasolina nos Estados Unidos caiu de mais de US$ 4 o galão (aproximadamente 3,79 litros) para US$ 3,8.

"Nós não temos ninguém para pedir ajuda, a não ser Deus", disse Twyman à BBC. "Nós temos que entregar esses problemas a Deus e não ao homem."
"Peregrinação"
A primeira "peregrinação" a um posto de gasolina mobilizou membros de uma igreja adventista de Petworth, um subúrbio de Washington. Twyman liderou o grupo, levando-o a um posto Shell local.

Nos meses seguintes, Twyman liderou preces em postos em várias outras regiões do país.

"Nós estávamos em Huntsville, no Alabama", lembrou o ativista. "Nós terminamos de rezar. Imediatamente os donos saíram e mudaram o preço da gasolina. Eles abaixaram. Nós (também) tivemos um sucesso maravilhoso em St. Louis, Missouri."
Nesta semana, o Pray at the Pump voltou ao local da primeira oração para comemorar. Eles cantaram uma conhecida música religiosa dos Estados Unidos, We shall Overcome ("nós devemos superar", em tradução livre), mudando a letra dela, incluindo a frase we'll have lower gas prices ("nós teremos gasolina a preços baixos").

Hábitos mudados
Twyman revelou que ele e seus colegas admitem que mudaram seus hábitos como motoristas por causa da alta do combustível.

"Nós não acreditamos apenas em oração, porque acreditamos que ter fé sem fazer nada não tem efeito nenhum. Então, incentivamos as pessoas a dividir o mesmo carro e se organizar melhor, porque (a queda do preço) é uma combinação da fé com esses fatores."
Para o ativista, é possível abaixar ainda mais os preços. Por isso, vai continuar rezando.

"Nós apenas agradecemos a Deus por nos abençoar com pequenas vitórias e esperamos que venham coisas maiores."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG