A revista médica britânica The Lancet se retratou formalmente nesta terça-feira de um estudo de 1998 que vincula a vacina tríplice viral (sarampo, rubéola, caxumba) com o autismo.

A revista decidiu portanto retirar esse artigo de seus arquivos. A informação gerou um retrocesso no uso desta tríplice inoculação na Grã-Bretanha.

Lancet já havia reconhecido em 2004 que não devia ter publicado esse estudo do dr. Andrew Wakefield, que gerou, além disso, uma forte polêmica no país.

"Retiramos totalmente este estudo de nossos arquivos de publicações", indicaram os editores de Lancet em um comunicado publicado on-line.

Leia mais sobre autismo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.