Reunião França-Reino Unido não é desprezo a Merkel, diz Governo alemão

Berlim, 5 dez (EFE).- O Governo da Alemanha negou hoje que o fato de a chanceler alemã, Angela Merkel, não ter sido convidada à reunião entre França e Reino Unido da próxima segunda-feira, em Londres, seja uma medida para isolar o Executivo alemão na Europa.

EFE |

O vice-porta-voz do Executivo alemão Thomas Steg disse, em Berlim, que a reunião em Londres "não é contra a chanceler", mas faz parte da "prática habitual de reuniões bilaterais, preparatórias para a cúpula da União Européia (UE)", como a realizada na próxima semana em Bruxelas.

Nos últimos dias, alguns países da UE, assim como a Comissão Européia (órgão executivo do bloco europeu) criticaram a Alemanha pelo fato de, como potência econômica, não fazer o suficiente contra a crise.

"Não tentamos entrar neste formato", disse Steg sobre a reunião em Londres, e insistiu em que fizeram "os deveres", em referência às medidas que hoje receberam o sinal verde no Bundesrat (câmara alta do Parlamento alemão.

"Brown já tinha planejado uma reunião com Sarkozy com adiantamento", disse Steg, que admitiu, no entanto, que a presença do presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, "foi inesperada". EFE umj/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG