Reunião entre Netanyahu e Mitchell adiada

JERUSALÈM - O encontro programado para esta segunda-feira em Jerusalém entre o enviado especial americano George Mitchell e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, foi adiado para terça-feira.

Redação com agências internacionais |

A mudança foi motivada pela morte de um jovem piloto da Aeronáutica, filho do primeiro astronauta israelense, Ilan Ramon, que faleceu no domingo em um acidente com um F16 na Cisjordânia.

O piloto, de 21 anos, será sepultado nesta segunda-feira no cemitério de Nahalal, perto de Tel Aviv, nas presenças do presidente israelense Shimon Peres, além de Netanyahu e Mitchell.

O enviado americano para o Oriente Médio visita Israel como parte de uma nova iniciativa que pretende reativar as negociações de paz entre israelenses e palestinos, suspensas desde o fim de 2008.

Acordo sobre ocupação

George Mitchell disse no domingo que espera nos próximos dias concluir um acordo entre líderes israelenses e palestinos sobre o congelamento das construções nos assentamentos e a retomada das negociações de paz.

"Ainda não chegamos a um acordo sobre vários pontos em disputa, mas estamos trabalhando arduamente nesse sentido, e o objetivo de minha visita esta semana é tentar fazê-lo", disse Mitchell, tendo ao lado o presidente israelense, Shimon Peres.

Mitchell, que chegou a Israel no sábado, vem tentando preparar um pacote pelo qual Israel congelaria as construções nos assentamentos na Cisjordânia ocupada e os países árabes dariam os passos iniciais para o reconhecimento de Israel.

Washington espera que as duas coisas levem à retomada das negociações de paz israelo-palestinas, suspensas desde dezembro.

Leia mais sobre: assentamentos israelenses

    Leia tudo sobre: cisjordâniaisraelpalestina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG