Reunião entre Lula e líderes da América do Sul é adiada

Brasília, 23 jun (EFE).- O encontro que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva iria ter com os chefes de Estado de Bolívia, Equador e Venezuela no final do mês foi adiado por problemas de agenda, conforme informou um porta-voz do Governo brasileiro.

EFE |

"Não foi possível conciliar as agendas dos presidentes e a reunião foi adiada para uma próxima data", disse à Agência Efe um porta-voz do Palácio do Planalto.

O encontro entre os quatro líderes tinha sido anunciado pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, durante a cúpula da União de Nações Sul-americanas (Unasul) realizada em Brasília em maio.

Antes de ser adiada, a reunião estava prevista para acontecer em Manaus no final do mês após uma visita de Lula à Venezuela.

Lula viajará na próxima quinta-feira a Caracas, onde na sexta-feira se reunirá com Chávez.

Na próxima semana, Lula se encontrará com os presidentes do Equador, Rafael Correa, e da Bolívia, Evo Morales, na cúpula do Mercosul que acontecerá na cidade argentina de Tucumán.

As fontes não puderam revelar à Efe se a reuinão de Tucumán poderá servir como palco para o encontro adiado.

O Mercosul foi fundado por Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai, e tem como associados Chile, Bolívia, Peru, Equador e Venezuela. EFE ed/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG