Reunião arrecada fundos para socorro em Mianmar

Dezenas de representantes internacionais vão se reunir neste domingo na capital de Mianmar, Yangun, para levantar fundos para a reconstrução do país, devastado pelo ciclone Nargis que deixou 78 mil mortos. Alguns diplomatas afirmam que o encontro patrocinado pelas Nações Unidas vai ser usado também para pressionar o governo birmanês a liberar o acesso de organizações humanitárias a algumas das áreas mais afetadas.

BBC Brasil |

Na sexta-feira, líderes da antiga Birmânia afirmaram que autorizariam funcionários de agências humanitárias a entrar, mas até o momento, isso não teria acontecido.

Três semanas depois do desastre, estima-se que cerca de 2,5 milhões de pessoas ainda não tenham recebido socorro.

A conferência organizada pela ONU e pela Associação dos Países da Ásia Oriental deve reunir representantes de 44 países.

Base em Bangcoc
No sábado, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, inaugurou em Bangcoc, capital da Tailândia, um novo centro que servirá de base para as equipes internacionais de assistência às vítimas do ciclone.

A base fica em um antigo aeroporto e foi inaugurada para acelerar o auxílio aos sobreviventes do desastre e armazenar os suprimentos que serão encaminhados ao aeroporto de Yangun. Segundo Ki-Moon, trata-se de um "posto crítico que irá salvar vidas".

"[O centro] irá possibilitar o trânsito de aviões maiores e mais auxílio poderá ser trazido de todas as partes do mundo", disse o secretário-geral.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG