Retidos em Gaza, delegados do Fatah votarão por e-mail em conferência

Belém, 5 ago (EFE).- Os delegados do Fatah em Gaza que não conseguiram se unir ao congresso do grupo na Cisjordânia, por estarem retidos pelo Hamas na Faixa, poderão votar por telefone, e-mail ou outros meios, explicou hoje um de seus líderes, Nabil Shaz.

EFE |

Shaz, membro do Comitê Central do Fatah, fez o anúncio à imprensa no segundo dos três dias da conferência, a primeira realizada em território palestino e em duas décadas.

"Ontem à noite conseguimos um acordo para permitir aos membros em Gaza do congresso que se unam ao processo de votação por diferentes meios tecnológicos de modo que não se sintam deixados de lado", explicou o dirigente do partido, criado há quatro décadas por Yasser Arafat.

A liderança do Fatah tinha decidido inicialmente adiar para outubro a escolha de seus representantes em Gaza, para evitar que o boicote do Hamas minasse a esperada reunião.

O Hamas se nega a permitir que os mais de 400 residentes na Faixa convidados como delegados vão ao encontro na Cisjordânia, onde se juntariam aos 2.200 que participam da conferência.

Para levantar o boicote ao evento, o Hamas exige a libertação de cerca de mil militantes que estão em prisões na Cisjordânia, território controlado pela Autoridade Nacional Palestina (ANP), que é presidida por Abbas.

Segundo fontes palestinas próximas ao congresso, hoje serão contados os membros da conferência com vistas à votação de amanhã, da qual sairão os novos Comitê Central e Conselho Revolucionário.

EFE nh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG