Restos humanos encontrados no prédio de ex-policial da ditadura paraguaia

Restos humanos foram encontrados nesta quarta-feira em uma espécie de vala comum no prédio de um ex-chefe da polícia política do ditador Alfredo Stroessner (1954/89), informaram as autoridades judiciais.

AFP |

"Os restos humanos estão misturados com restos de animais em uma vala comum de três metros de largura e dois de profundidade", informou o vice-ministro da Justiça, Carlos María Aquino.

O imóvel pertenceu a Pastor Coronel, um ex-chefe da polícia política de Stroessner, que morreu na prisão em setembro de 2000, quando pagava uma pena de 25 anos por delitos contra os direitos humanos.

Segundo Aquino, o lugar era conhecido pelos vizinhos como o "ex-cemitério de Pastor Coronel".

De acordo com o vice-ministro, os vizinhos resolveram denunciar a localização da vala porque perderam o medo das represálias.

As autoridades vão agora proceder à identificação dos restos.

hro/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG