Tamanho do texto

Os corpos de várias vítimas do acidente do avião da Spanair em Madri, que deixou 153 mortos na quarta-feira, começaram a chegar à ilha de Gran Canaria, de onde procedia praticamente a metade dos passageiros.

Uma família de cinco membros figura entre as vítimas das Canárias, assim como a esposa do brasileiro Ronaldo Gomes da Silva, voltava para a casa para rever a família em meio a sua lua-de-mel.

Também dos 19 sobreviventes da tragédia, 8 são procedentes das Canárias, segundo informou o governo regional.

Quase todos os municípios da ilha se encontram de luta pela morte de 70 cidadãos que viajavam a bordo do aparelho sinistrado.

pho-esb/cn