Responsável por pirâmide financeira na Colômbia se entrega em São Paulo

O dono da segunda maior financeira ilegal que operava na Colômbia, Carlos Alfredo Suárez, se entregou à Justiça no consulado colombiano em São Paulo, informaram as autoridades na noite desta quinta-feira.

AFP |

O procurador-geral, Mario Iguarán, disse à imprensa que Suárez se entregou formalmente no consulado de São Paulo, de onde seguiu para a Colômbia em um voo comercial.

O fraudador chegou à Colômbia pelo aeroporto El Dorado de Bogotá, de onde foi levado à cidade de Pereira, 300 km a oeste de Bogotá, onde corre seu processo.

Suárez era proprietário da financeira DRFE (Dinheiro Rápido e Fácil) e um dos responsáveis pela 'pirâmide financeira' que prejudicou mais de 250 mil investidores colombianos.

Leia mais sobre: fraude financeira

    Leia tudo sobre: colômbia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG