Teerã, 7 out (EFE)-. O chefe adjunto do Estado-Maior do Exército iraniano, Seyyed Massoud Jazayeri, criticou o pacto de segurança negociado por Estados Unidos e Iraque e advertiu ao povo iraquiano que não se deixe enganar, informou hoje o jornal Hamshahri.

Segundo o jornal, Jazayeri pediu aos iraquianos que não se deixem bajular pelas "mentiras e propaganda" americanas.

A difusão destas declarações coincide hoje com a chegada ao Irã do presidente do Parlamento iraquiano, Mahmoud Mashhadani, que consultará as autoridades iranianas sobre o acordo de segurança entre Iraque e EUA.

Os Governos de Bagdá e de Washington estão há vários meses negociando esse pacto que regulamentará a presença das tropas americanas no Iraque depois de terminar, no final de ano, o mandato dado pelo Conselho de Segurança da ONU.

Para Jazayeri, "a ampla publicação nestes dias de notícias e informações sobre esse acordo é meramente uma operação psicológica, que não tem veracidade". EFE msh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.