Responsável financeiro no Iraque morre assassinado

Cairo, 12 jul (EFE).- O diretor-geral do Escritório de Supervisão Financeira do Iraque, Aziz Risqu, foi assassinado hoje na província de Kirkuk (norte), informou o Ministério do Interior iraquiano.

EFE |

Risqu foi atacado por um grupo de homens armados em frente a sua casa na região de Dumiz, no norte desta região rica em petróleo que disputada por árabes, curdos e turcomanos.

Por outro lado, um grupo invadiu a Igreja Católica de Mari Youssef, que fica no bairro do Al Hamra, no oeste de Bagdá, onde colocaram dois artefatos explosivos, que não causaram vítimas.

Os homens aproveitaram a ausência de vigias durante a noite para colocar os artefatos e detoná-los no interior da igreja, o que causou grandes destroços.

Além disso, o Ministério do Interior anunciou que o número de vítimas do atentado com carro-bomba perpetrado ontem na cidade de Mossul, a 400 quilômetros ao norte de Bagdá, tinha aumentado para oito mortos e 50 feridos, entre eles mulheres e crianças. EFE am-jfu-mv/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG