Resgate de navio-tanque de Cingapura é lançado no mar da Somália

Bruxelas, 26 fev (EFE).- O resgate de um mercante de Cingapura sequestrado em 1º de janeiro foi lançado hoje por via aérea sem problemas, segundo anunciou a missão europeia Atalanta contra a pirataria em águas em torno de Somália.

EFE |

A missão "confirmou que a operação realizada na manhã de 26 de fevereiro foi um sucesso para a libertação do Pramoni", indicou um comunicado de Atalanta.

Acrescentou que o Pramoni, um navio-tanque de transporte de produtos químicos, continua ancorado no território pirata de Eyl, no litoral nordeste da Somália.

O navio foi capturado por piratas somalis em 1º de janeiro, quando seguia para o porto indiano de Kandla com 24 tripulantes a bordo: 17 indonésios, cinco chineses, um nigeriano e um vietnamita.

Atalanta confirmou que todos os tripulantes estão bem e que acompanha de perto a situação em torno dessa embarcação. EFE rcf/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG