Resgate de avião militar que caiu no Equador termina com 2 mortos

Quito, 25 mar (EFE).- Dois militares do Equador morreram hoje quando tentavam resgatar dois pilotos da Força Aérea (FAÉ) que conseguiram se salvar da queda do avião em que estavam durante uma missão de treinamento na floresta amazônica do país.

EFE |

O comandante interino da FAÉ, Leonardo Barreiro, informou que os dois oficiais morreram quando desciam por um cabo de um helicóptero que tentava resgatar os dois pilotos, que horas antes tinham conseguido abandonar o avião que caiu perto da cidade de Nueva Loja, capital da província amazônica de Sucumbíos, fronteiriça com a Colômbia.

Os dois pilotos conseguiram ativar o sistema de ejeção do assento da aeronave quando ela estava prestes a atingir o solo.

Vários helicópteros do Exército equatoriano se dirigiram ao local onde estavam os pilotos para resgatá-los, mas em uma manobra para chegar até eles, a corda através da qual os dois militares desciam se rompeu. EFE fá/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG