Resgate das vítimas de naufrágio nas Filipinas é suspenso

Manila - Os mergulhadores e especialistas da forças navais das Filipinas e dos Estados Unidos suspenderam nesta quinta a operação de resgate das vítimas do navio que naufragou no sábado passado na região central do arquipélago com 862 pessoas a bordo, informaram fontes oficiais.

EFE |

A interrupção dos trabalhos de resgate no interior da embarcação foi anunciada pela Guarda Costeira filipina um dia depois de as equipes de mergulhadores recuperarem 77 corpos.

O vice-almirante Wilfredo Tamayo, chefe do serviço da Guarda Costeira, disse que há 67 corpos a bordo de um os navios que participam da operação, e que outros dez já estão sendo identificados em terra.

Até o momento, o número oficial de sobreviventes do desastre é de 48, quase todos encontrados em ilhas das províncias de Romblon e Masbate, na região central do arquipélago.

Tamayo disse que a operação de resgate foi suspensa para que as equipes possam estudar as técnicas que devem ser adotadas para que seja possível entrar em outros compartimentos da embarcação sem pôr em risco a vida dos mergulhadores.

Pelo menos 100 corpos foram resgatados nas últimas 48 horas em diversas áreas da região.

No entanto, as autoridades não confirmam que eles sejam de vítimas do naufrágio, já que outras embarcações afundaram na passagem do tufão "Fengshen" pela região.

Leia mais sobre: Filipinas

    Leia tudo sobre: filipinas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG