Resgatados corpos de vítimas de avião na República Democrática do Congo

Kinshasa, 4 set (EFE).- Os corpos dos 17 ocupantes do avião que caiu na segunda-feira no nordeste da República Democrática do Congo (RDC), foram recuperados, disseram hoje, em Kinshasa, porta-vozes da missão de observação da ONU (Monuc), cujos efetivos ficaram a cargo das operações de resgate.

EFE |

Os restos mortais de 15 passageiros e dois tripulantes da aeronave acidentada, um Beechcraft 1900 fretado pela da companhia aérea sul-africana CemAir, serão levados a Bukavu, capital da província nordeste de Kivu Sul, em cujas cercanias aconteceu o acidente, disseram as fontes.

A equipe de resgate da Monuc só conseguiu chegar hoje ao local onde o avião caiu, porque o lugar se encontra em uma zona de floresta impenetrável e os helicópteros da missão da ONU, que descobriram o aparelho na terça-feira, não podiam aterrissar.

Segundo especialistas da autoridade que controla as vias aéreas do país, o avião bateu contra uma montanha na reserva de Kahuzi-Bienga, devido, provavelmente, às más condições meteorológicas que imperavam na área no dia do acidente. EFE py/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG