Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Republicanos atacam Obama por suposta escolha de chefe de Gabinete

Washington, 31 out (EFE).- O Partido Republicano voltou hoje a atacar o candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, pela suposta escolha do atual presidente do grupo parlamentar democrata na Câmara dos Representantes, Rahm Emanuel, como seu chefe de Gabinete.

EFE |

A imprensa americana recolhe hoje informações que apontam para que Obama, favorito segundo as pesquisas para as eleições da próxima terça-feira nos Estados Unidos, propôs Emanuel para chefe de Gabinete, um dos mais significativos na Casa Branca, caso o candidato chegue à Presidência.

Emanuel é, como Obama, legislador pelo estado de Illinois e foi um dos principais assessores do presidente Bill Clinton sobre política interna.

Os democratas negaram as informações e Obama se limitou a assegurar que seu "chefe de Gabinete é David Plouffe", atual diretor da campanha democrata.

Emanuel também negou as informações, através de seu porta-voz, Nick Papas, que assegurou que seu chefe "não foi contatado para ocupar um posto em um Governo que ainda não existe".

"Todos estamos agora centrados no dia das eleições, como deve ser", frisou.

Mesmo assim, os republicanos se apressaram a criticar a suposta iniciativa, ao afirmar que representa um indício de que, se Obama chegar à Casa Branca, manterá uma postura ainda mais de esquerda do que promete agora.

Segundo o porta-voz do Comitê Nacional Republicano, Alex Conant, "Emanuel é uma das pessoas mais partidárias e com mais experiência da política americana".

"As informações de que Obama quer fazer o chefe de Gabinete na Casa Branca minam qualquer afirmação de unidade e de centrismo e deveriam pôr em alerta todo eleitor ", declarou Conant. EFE mv/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG