República Dominicana repatria 33 haitianos ilegais no país

Dajabón (R.Dominicana), 24 jan (EFE).

EFE |

- Pelo menos 33 haitianos ilegais foram devolvidos por inspetores de Migração e membros do Exército Nacional na província de Monte Cristi, informaram hoje fontes oficiais.

Uma fonte do Exército Nacional disse que os imigrantes, 13 homens, 10 mulheres e 10 crianças, foram detidos no posto de controle militar do Copey, do município de Manzanillo em Monte Cristi, quando se dirigiam à cidade de Santiago.

As autoridades identificaram que as crianças não viajavam com os pais.

Os haitianos detidos pelos militares, com a presença de inspetores migratórios, foram transferidos à província de Dajabón e depois entregues às autoridades haitianas.

Organizações e associações dominicanas que atuam perto da fronteira com o Haiti disseram que nos últimos dias aumentou a passagem de haitianos em direção à República Dominicana, o que atribuem à situação no país depois do terremoto de 12 de janeiro passado.

Cerca de 120 mil pessoas morreram conforme informou à Agência Efe o titular do Ministério da Saúde haitiano, Alex Larsen.

O terremoto de 7 graus na escala Richter que atingiu o Haiti ocorreu às 19h53 de Brasília do dia 12 de janeiro e teve epicentro a 15 quilômetros da capital, Porto Príncipe. EFE as/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG