República Dominicana já reporta 32 casos de cólera

País faz fronteira com o Haiti, onde mais de dois mil já morreram por causa da doença

EFE |

Santo Domingo - A República Dominicana reportou neste domingo quatro novos casos de cólera que elevam para 32 o número registrado até o momento no país caribenho, fronteiriço com o Haiti, onde a epidemia causou mais de 2.000 mortes.

O Ministério da Saúde Pública local informou que os afetados são uma mulher de 63 anos, um adolescente de 13, um homem de 19 e outro de 49 anos, que estão "estáveis e em bom estado". O organismo explicou que os novos casos foram registrados em Santiago (norte), Elías Piña e Dajabón, estes duas últimas províncias fronteiriças com o Haiti.

As autoridades sanitárias asseguraram que intensificaram as ações preventivas e de vigilância em todo o país, com especial ênfase em Santiago e Elías Piña, as duas províncias que reportaram o maior número de afetados. O Ministério da Saúde Pública dominicano pediu aos cidadãos a cumprir com as orientações oficiais em relação às medidas de higiene recomendadas, para evitar a propagação da doença.

    Leia tudo sobre: república dominicanacólerasurtohaiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG