Washington, 4 fev (EFE).- O representante especial dos Estados Unidos para o Afeganistão e Paquistão, Richard Holbrooke, viajará nos próximos dias a esses dois países e depois à Índia, no que será sua primeira visita de orientação à região do Sul da Ásia.

Holbrooke deixará Londres hoje com destino a Munique, onde participará da 45ª Conferência de Segurança. Em seguida, visitará Afeganistão, Paquistão e Índia, informou o porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Robert Wood, que não especificou as datas exatas da viagem.

O representante especial dos EUA, que assumiu o cargo em 23 de janeiro, considera seu primeiro contato com a região como uma viagem de "orientação", na qual não transferirá às autoridades "nenhuma mensagem do Governo, nem da secretária de Estado, Hillary Clinton, nem do presidente Barack Obama", segundo Wood.

"Não vai para conversar, mas para escutar" as partes, explicou o porta-voz.

Apesar de a Índia não fazer parte da abrangência da missão de Holbrooke, os EUA consideram que é "um país importante na região e tem interesses no Afeganistão", destacou Wood.

Holbrooke "quer ouvir a opinião do Governo indiano a respeito de como podemos contribuir melhor à paz e estabilidade no Afeganistão", afirmou.

Nas reuniões com as autoridades indianas, o representante especial dos EUA não tocará no tema da Caxemira, região disputada entre Índia e Paquistão desde a independência e partilha do subcontinente, em 1947.

"A Caxemira nunca foi parte da pasta", declarou Wood, que afirmou que Holbrooke "permanecerá na região o tempo que for necessário", e, ao voltar, informará Hillary de sua viagem.

Holbrooke participará da Conferência de Segurança, realizada de 6 a 8 de fevereiro, junto com o vice-presidente dos EUA, Joe Biden, e com o conselheiro de Segurança Nacional, James Jones. EFE cae/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.