Representante dos EUA não dialogará por fora com Coreia do Norte

Tóquio, 11 mai (EFE).- O representante especial dos Estados Unidos sobre a Coreia do Norte, Stephen Bosworth, afirmou a Tóquio que seu Governo não tem intenção de se reunir com Pyongyang fora das conversas multilaterais para o desarmamento norte-coreano, informou a agência Kyodo.

EFE |

Stephen Bosworth, que está em Tóquio dentro de uma viagem pela região, reuniu-se com o vice-ministro de Exteriores japonês, Mitoji Yabunaka, e com o negociador japonês Akitaka Saiki.

Segundo a "Kyodo", os representantes japoneses pediram ao enviado americano que sua Administração coordene pontos de vista com os países da região antes de dialogar com Pyongyang, e que tente retomar o diálogo multilateral.

Bosworth disse na semana passada, em sua escala em Pequim, que estava disposto a manter encontros bilaterais com Pyongyang para que abandone suas pretensões armamentísticas e nucleares.

Saiki afirmou que o Japão não se oporá a negociações bilaterais entre EUA e Coreia do Norte, se forem dentro das negociações multilaterais, que contam com a participação das duas Coreias, China, Rússia, EUA e Japão.

Bosworth e Saiki decidiram dar uma resposta "tranquila e bem controlada" aos anúncios da Coreia do Norte, que anunciou recentemente a retomada do desenvolvimento nuclear com fins dissuasórios, como protesto à condenação do Conselho de Segurança da ONU ao lançamento, em abril, de um foguete de longo alcance.

Pouco antes, a Coreia do Norte tinha ameaçado abandonar o diálogo para sua desnuclearização, um processo aberto em 2003. EFE jmr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG