Representante da UE permanece no O. Médio para buscar trégua em Gaza

Cairo, 6 jan (EFE).- O alto representante de Política Externa e Segurança Comum da União Européia (UE), Javier Solana, permanecerá no Oriente Médio nos próximos dias para continuar com os esforços para conseguir uma trégua na Faixa de Gaza, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

A partir de amanhã, o chefe da diplomacia da UE será a única personalidade estrangeira que ficará na região, com o objetivo de persistir nos esforços internacionais para deter a violência em Gaza.

A porta-voz de Solana, Cristina Gallach, disse por telefone à Agência Efe que ainda não se sabe qual será o próximo lugar ao qual Solana irá na região e quantos dias permanecerá no Oriente Médio para desenvolver esta gestão.

O alto representante da UE busca conseguir "um cessar-fogo que seja aceitável para as duas partes, que não seja o mesmo que havia antes", acrescentou a porta-voz.

A porta-voz de Solana acrescentou que o cessar-fogo que expirou em 19 de dezembro "não era aceitável para Israel porque não dava segurança" ao país e também não permitiu a suspensão do bloqueio que Gaza sofre há um ano e meio.

O novo acordo deve permitir a Israel contar com mais segurança e ao Hamas melhorar as condições de vida na Faixa.

O chefe da diplomacia européia se somou nesta segunda-feira a uma missão do grupo da UE no Oriente Médio presidida pelo ministro de Assuntos Exteriores tcheco, Karel Schwarzenberg.

Essa delegação viajou a Egito, Israel e Cisjordânia e terminou suas gestões na segunda, enquanto Solana foi hoje a Damasco e Beirute para analisar com as autoridades sírias e libanesas as vias para conseguir um cessar-fogo em Gaza.

Solana chegará nas próximas horas ao Egito junto com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, que viajou nesta segunda por vários países da região, e se reunirá hoje mesmo com o governante egípcio, Hosni Mubarak. EFE ag/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG