do presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, repercutiu entre líderes mundiais. " / do presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, repercutiu entre líderes mundiais. " /

Renúncia de Musharraf repercute pelo mundo

PAQUISTÃO - A renúncia http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2008/08/18/musharraf_renuncia_a_presidencia_do_paquistao_1575424.html target=_topdo presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, repercutiu entre líderes mundiais.

Redação com agências internacionais |

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, declarou nesta segunda-feira que os Estados Unidos continuarão ao lado do Paquistão depois da renúncia do presidente presidente Pervez Musharraf.

"Continuaremos trabalhando com o governo paquistanês e com seus líderes políticos e pedimos que redobrem seus esforços para se dedicar ao futuro do Paquistão e suas necessidades mais urgentes, entre elas deter o crescimento do extremismo", afirmou Rice num comunicado.

Rússia

A Rússia afirmou hoje que espera que a renúncia do presidente do Paquistão não leve esse país a uma nova crise de " instabilidade política interna ".

"A Rússia espera que a situação no Paquistão não saia do terreno constitucional e se mantenha no marco da lei e da ordem", afirma um comunicado do Ministério de Exteriores russo.

Inglaterra

O governo britânico destacou hoje a melhora das relações entre Reino Unido e Paquistão sob o mandato de Pervez Musharraf, mas ressaltou que os vínculos entre os dois países não dependem da figura do presidente do Paquistão, que anunciou hoje sua renúncia.

"Durante o poder do presidente Musharraf, vimos um aprofundamento das relações entre o Reino Unido e o Paquistão. Desejamos o melhor para o futuro", disse hoje um porta-voz do primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown.

França

A França fez uma chamada hoje a todas as forças políticas do Paquistão para que seja respeitado "o marco constitucional e o estado de direito", após o anúncio de renúncia.

Afeganistão

O governo afegão expressou seu desejo de que a renúncia de Musharraf tenha " efeitos positivos no fortalecimento da democracia e do governo civil do Paquistão".

Ahmad Baheen, porta-voz do Ministério de Exteriores afegão, disse que o Afeganistão "é a favor de um Paquistão estável e democrático, baseado no estado de direito".


Mapa do Paquistão

Leia mais sobre: Paquistão

* Com EFE, AFP e BBC

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG