Remédios de pressão alta podem ajudar idosos, diz estudo

Uma pesquisa britânica sugere que o tratamento de idosos com mais de 80 anos de idade com medicamentos para pressão alta pode reduzir o risco de derrames e problemas cardíacos. O estudo do Imperial College de Londres analisou 3845 pacientes que sofriam de pressão alta e descobriu que o tratamento para a hipertensão diminuiu a taxa de mortes em 20%.

BBC Brasil |

"Antes do nosso estudo, médicos não tinham certeza se pessoas muito idosas com problemas de pressão alta poderiam ter os mesmos benefícios com o tratamento que os observados em pessoas mais jovens", disse o chefe das pesquisas Christopher Bulpitt.

"Nossos resultados mostram claramente que muitos pacientes de 80 anos ou mais podem obter grandes melhoras com o tratamento", acrescentou.

A pesquisa foi publicada na revista especializada New England Journal of Medicine.

'Boa notícia'
"As populações estão vivendo mais tempo e temos números cada vez maiores de pessoas vivendo além dos 80 anos. Então, esta é uma boa notícia", afirmou Christopher Bulpitt.

"Estamos satisfeitos com o fato de que problemas cardiovasculares foram reduzidos de forma segura, com uma redução na mortalidade total", acrescentou.

Graham MacGregor, professor da Associação Britânica de Pressão Sangüínea, afirma que pessoas idosas devem receber o tratamento para pressão alta.

"Precisamos garantir que, quando for apropriado, a pressão sangüínea destas pessoas seja tratada e controlada", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG