Washington, 17 abr (EFE).- Cientistas americanos afirmaram ter conseguido bons resultados ao testar remédios para homens impotentes em mulheres com disfunção sexual.

Uma equipe da Faculdade de Medicina da Geórgia, nos Estados Unidos, elaborou um relatório dizendo que a disfunção sexual feminina pode ser causada, em parte, pela quantidade insuficiente de sangue no órgão genital, como ocorre com os homens.

Na pesquisa, os cientistas fizeram experimentos com animais e compararam os efeitos de três remédios contra impotência: Viagra, Cialis e Levitra.

Os pesquisadores também observaram a ação do Viagra nas artérias que fornecem sangue aos órgãos genitais de ratos machos e fêmeas.

Nos humanos, esses são os caminhos que levam sangue ao pênis e à vagina.

Segundo o relatório, todos os compostos relaxavam as artérias, facilitando a provisão de sangue.

O estudo afirmou que cerca de 43% das mulheres apresentam sintomas de disfunção sexual, como falta de desejo, dificuldade para atingir o orgasmo e dores durante a relação. EFE jab/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.