Tomar sol de topless pode ser proibido em breve em uma famosa praia australiana, caso os deputados conservadores consigam vencer a batalha para obrigar as mulheres a cobrir os seios nas areias.

O reverendo Fred Nile iniciou uma campanha para proibir o topless, uma prática comum no país, em Nova Gales do Sul, o estado do sul do país onde fica a famosa Bondi Beach.

"A lei deveria ser clara. Deveria dizer que é proibida a exposição dos seios nas praias", afirmou o religioso ao jornal Daily Telegraph.

Nile, líder dos cristãos democratas, recebeu apoio para sua cruzada de alguns membros dos grandes partidos no Parlamento estadual, o Trabalhista e o Liberal.

No entanto, a vice-primeira-ministra Julia Gillard veio a público para afirmar que tomar sol de topless é um assunto privado.

"As pessoas querem ir à praia e usar as praias de várias formas", disse.

ajc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.