Religioso conservador afirma que Ahmadinejad está 'enfeitiçado'

"Não sei se é hipnotismo, bruxaria, relações com iogues, mas há algo anormal", afirma Mesbah Yazdi

AFP |

AFP
Ahmadinejad, presidente iraniano, durante discurso
O presidente Mahmud Ahmadinejad foi "enfeitiçado" por seu diretor de gabinete, Esfandiar Rahim Machaie, afirmou o aiatolá ultraconservador Mohammad Taqi Mesbah Yazdi, que foi considerado durante muito tempo o mentor do governante iraniano.

"Eu já disse que foi enfeitiçado em 90%. É uma situação totalmente anormal", declarou Mesbah Yazdi, em referência à crise de abril entre Ahmadinejad e a linha conservadora do regime que apoia o o guia supremo, o aiatolá Ali Khamenei.

"Aqui está alguém que tem dez amigos, deixa nove deles de lado e justifica tudo o que faz ao décimo. É lógico criticar essas nove pessoas e nenhuma vez a décima?", questionou o aiatolá em referência a Machaie, principal conselheiro de Ahmadinejad.

"Não sei se é hipnotismo, bruxaria, relações com iogues, mas há algo anormal", acrescentou Mesbah Yazdi. "Machaie enfeitiçou esse senhor (Ahmadinejad) e o tem em suas mãos", afirmou o aiatolá.

Machaie é vítima atualmente de uma violenta campanha por parte da corrente religiosa mais conservadora do regime, que o acusa de "desvio" e pede sua destituição.

    Leia tudo sobre: ahmadinejadirãali khamenei

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG