Relatório da AIEA atesta falta de cooperação do Irã

Segundo os Estados Unidos, documento mostra que iranianos se negaram a dar "qualquer um dos passos exigidos" pela ONU

EFE |

Washington - A Casa Branca disse hoje que o último relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) mostra que o Irã continua violando suas obrigações internacionais e se negando a cooperar com os inspetores da ONU.

Mike Hammer, porta-voz da Casa Branca para assuntos exteriores, afirmou que o relatório destaca que o Irã se negou a dar "qualquer um dos passos exigidos" pelo Conselho de Segurança da ONU e pelo conselho da AIEA. O Irã anunciou em fevereiro que enriqueceria urânio a 20%, mas, ao mesmo tempo, acordou permitir um estrito regime de inspeções da AIEA, que inclui visitas não anunciadas, segundo o relatório publicado hoje.

Hammer não fez referência a essa concessão e, por outro lado, destacou que o documento "demonstra claramente o descumprimento por parte do Irã de suas obrigações internacionais". Ainda de acordo com ele, o relatório aponta que o Irã está enriquecendo urânio ao nível de 3,5% e também perto de 20%, constrói um novo reator atômico e se nega a permitir à AIEA o acesso necessário a suas instalações.

    Leia tudo sobre: iGeuairã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG