Relâmpagos causam mais de 300 incêndios na Califórnia

Washington, 22 jun (EFE).- Mais de 300 incêndios provocados por relâmpagos ainda causam estragos hoje no norte da Califórnia, localidade que sofre uma onda de calor, enquanto outro foco já arrasou mais de 21.

EFE |

500 hectares.

A força elétrica das tempestades gerou no sábado mais de 400 incêndios no norte do estado, sendo que cerca de 300 deles ainda queimavam hoje, informa o Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia, conhecido como "Cal Fire".

Estes novos focos se juntaram a outros três que há dias destroem a vegetação e que levaram à evacuação de algumas localidades.

O maior é o chamado "Indians Fire", que já queimou mais de 21.500 hectares do Bosque Nacional Los Padres, região remota e pouco povoada.

Segundo as autoridades, quase 60% do fogo foi contido graças ao enfraquecimento dos ventos nos últimos dias.

Acredita-se que faíscas de uma fogueira de acampamento, acesa no dia 8 de junho, tenha sido a causa deste incidente. A Cruz Vermelha abriu um refúgio em um instituto da região para os moradores que foram evacuados por causa do avanço das chamas.

Outros três incêndios permanecem ativos no norte do estado. Um deles, que foi batizado de "Wild Fire", consumiu 1.200 hectares no condado de Napa, destruiu dois edifícios e ameaça mais de 100, segundo o Cal Fire.

O "Whitehurst/Hummingbird Fire", provocado por um relâmpago, queimou cerca de 450 hectares, e o "Trabing Fire" engoliu 250 hectares e dez edifícios, embora aproximadamente 90% dele já tenha sido contido.

Somente duas pessoas sofreram ferimentos leves pelas chamas. Mais de 500 bombeiros lutam contra os incêndios, que ocorrem enquanto a Califórnia passa por um período de calor.

As temperaturas hoje superarão 40 graus em alguns locais, segundo o Serviço Nacional de Meteorologia, que emitiu um alerta por calor excessivo.

Os incêndios fazem parte do ecossistema do estado e sempre ocorrem no verão por causa dos ventos secos que sopram do interior do país. No entanto, este ano vieram muito cedo por causa das condições meteorológicas favoráveis para o fogo.

O governador Arnold Schwarzenegger enviou dois aviões e mobilizou a Guarda Nacional para ajudar a apagar as chamas. EFE cma/bm/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG