Reis espanhóis e Zapatero assistem a funeral por mortos da Spanair

Centenas de pessoas assistiram nesta quinta-feira ao funeral pelas 154 vítimas do acidente de avião no aeroporto de Barajas, em agosto, que foi presidido pelos reis de Espanha, Juan Carlos I e Sofia, e pelo presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero.

AFP |

O ato foi celebrado pelo arcebispo de Madri, monsenhor Antonio María Rouco Varela, na catedral de la Almudena, na capital espanhola.

Os familiares das vítimas estavam acompanhados de cerca de 100 trabalhadores dos serviços de emergência, policiais e bombeiros que trabalharam nas tarefas de resgate, além de pilotos e funcionários da companhia Spanair.

O prefeito de Madri, Alberto Ruiz Gallardón, e a presidente regional, Esperanza Aguirre, também compareceram à cerimônia.

Um representante da Igreja Protestante, à qual pertencia um dos mortos, leu uma oração e, ao final do ato, os reis saudaram alguns familiares.

O avião MD-82 da Spanair se acidentou em 20 de agosto, ao decolar do aeroporto de Madri, com destino a Las Palmas de Gran Canaria, deixando 154 mortos e 18 sobreviventes. As causas da tragédia ainda estão sendo investigadas por uma comissão internacional.

Outro funeral será realizado em 17 de setembro, na ilha de Gran Canaria, local de origem de metade das vítimas.

esb/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG