Reis da Espanha felicitam Uribe por libertação de reféns das Farc

Madri, 3 jul (EFE) - Os reis da Espanha, Juan Carlos e Sofía, enviaram hoje um telegrama no qual felicitam o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, pela libertação de 15 seqüestrados da guerrilha e se somam à alegria das famílias dos libertados, informou à Agência Efe um porta-voz da Casa do Rei.

EFE |

O seqüestro de Ingrid Betancourt, ex-candidata à Presidência da Colômbia, terminou na véspera com uma operação realizada pelo Exército Colombiano, na qual também foram libertados três cidadãos americanos e 11 policiais e militares colombianos seqüestrados há anos.

A carta dos reis se soma às felicitações expressadas também pelo presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, e pelo líder do opositor Partido Popular (PP), Mariano Rajoy.

Zapatero felicitou Uribe pela libertação dos 15 reféns das Farc e acrescentou que é "uma exigência ética e moral que os outros seqüestrados sejam libertados também".

Em declaração à imprensa no Palácio da Moncloa, sede do Governo, Zapatero felicitou também as Forças Armadas da Colômbia pelo êxito da operação.

Em Vitoria, Rajoy parabenizou Uribe e seu Governo e assegurou que, com a resolução deste seqüestro, "ensinou-nos o caminho" na luta contra o terrorismo.

Uribe "teve muita coragem em defesa da liberdade" e o que ocorreu na Colômbia é que "a democracia triunfou frente ao terror", disse Mariano Rajoy. EFE ct/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG