Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Reino Unido pede que Rússia não rompa vínculos com a Otan

Londres, 25 ago (EFE).- O Governo britânico pediu hoje que a Rússia não rompa os vínculos com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e advertiu que seria um erro suspender toda a cooperação.

EFE |

Um porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores britânico respondeu assim à afirmação do presidente russo, Dmitri Medvedev, de que seu país não sofrerá "nada terrível" se a Otan decidir romper suas relações com Moscou.

A fonte do Foreign Office acrescentou, no entanto, que, sobre as relações entre a Otan e a Rússia, "será necessário ter plenamente em conta as conseqüências da ação militar na Geórgia".

"No entanto, achamos que seria um erro suspender todos os contatos entre a Otan e a Rússia no momento em que são tão necessários", acrescentou o porta-voz, em referência ao conflito da região separatista georgiana da Ossétia do Sul.

Segundo Medvedev, a cooperação Moscou-Otan "é do interesse, em primeiro lugar, da Otan, e não da Rússia". EFE vg/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG