Reino Unido pede fim da violência no Líbano e apóia solução democrática

Londres, 12 mai (EFE).- O Governo britânico pediu o fim da violência no Líbano e manifestou seu apoio a uma solução pacífica e democrática, disse hoje um porta-voz de Downing Street, residência oficial do primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown.

EFE |

"Observamos com crescente preocupação a escalada da violência em Beirute e em outros lugares do Líbano nos últimos quatro dias", disse hoje a fonte oficial sobre os confrontos entre os partidários da maioria parlamentar e da oposição libanesa, liderada pelo grupo xiita Hisbolá.

"Todos os grupos armados deveriam sair das ruas e permitir que as forças libanesas de segurança restabeleçam a ordem", acrescentou o porta-voz.

A fonte de Downing Street ressaltou que o Reino Unido e seus parceiros internacionais apóiam a população libanesa e o Governo do primeiro-ministro libanês, Fouad Siniora.

"Condenamos a interferência externa nos assuntos libaneses.

Apoiamos firmemente os esforços da comunidade internacional e da Liga Árabe para resolver a situação e cumprimentamos a decisão da Liga Árabe de enviar uma missão ao Líbano", acrescentou.

O Reino Unido trabalhará com o Conselho de Segurança da ONU e a União Européia (UE) para apoiar uma solução "democrática e pacífica", ressaltou. EFE vg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG