O Reino Unido foi o maior exportador de equipamentos militares em 2007, indicou nesta quarta-feira a IK Trade & Investment, a agência governamental britânica de Comércio e Investimentos.

A indústria britânica de defesa teve um lucro recorde de 10 bilhões de libras (cerca de 31 bilhões de reais) em novos pedidos no ano de 2007, com uma participação de 33% do mercado mundial de exportações de armas, tirando o posto dos Estados Unidos, indicou o organismo governamental.

Essas cifras representam quase uma duplicação dos pedidos em relação a 2006, principalmente graças a um grande contrato de aviões de combate com a Arábia Saudita.

Em dados acumulados nos últimos cinco anos, os Estados Unidos continuam sendo o maior exportador mundial de armas, com 63 bilhões de dólares, na frente do Reino Unido (53 bilhões), Rússia (33 bilhões), França (17 bilhões), Alemanha e Israel (9 bilhões cada um).

Os principais países importadores, também em cinco anos, são Arábia Saudita (31 bilhões de dólares), Índia (18 bilhões) e Estados Unidos (17 bilhões).

A UK Trade & Investment destaca também uma alta das importações australianas (11 bilhões), canadenses (10 bilhões) e paquistanesas (6 bilhões).

fpo/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.