Reino Unido confirma morte de britânico nos atentados de Mumbai

Londres, 27 nov (EFE).- O Ministério de Assuntos Exteriores do Reino Unido confirmou hoje a morte de um cidadão britânico nos atentados cometidos na quarta-feira em Mumbai, nos quais mais de 100 de pessoas morreram.

EFE |

"Estamos em contato com a família (do morto), mas não podemos dar detalhes", limitou-se a dizer um porta-voz do Foreign Office.

Antes, o alto comissário britânico na Índia, Richard Stagg, havia declarado à rede pública "BBC" que sete britânicos ficaram feridos nos ataques, apesar de não ter precisado se as vítimas tiveram ferimentos graves.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, condenou os atentados e informou que seu país enviou à Índia uma equipe policial especializada na luta antiterrorista.

"Temos que fazer agora tudo o possível para ajudar as autoridades indianas", disse o chefe do Governo britânico aos jornalistas.

O Foreign Office recomendou hoje que seus cidadãos não viajem a Mumbai, a menos que seja absolutamente necessário, e pediu aos que já estão na cidade indiana que não saiam às ruas. EFE pa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG