Reino Unido começa a emitir carteira de identidade para não comunitários

Londres, 25 nov (EFE).- Os cidadãos não comunitários que vivem no Reino Unido poderão solicitar a partir de hoje a carteira de identidade, na primeira fase do programa do Governo de fazer com que toda a população tenha este documento.

EFE |

Os primeiros documentos que serão emitidos serão destinados a estudantes ou pessoas casadas com britânicos que tenham que renovar sua permissão de residência, informou hoje o Ministério do Interior.

A carteira consta de foto, nome, data de nascimento, nacionalidade e status migratório do interessado, assim como um chip com informações biométricas, como a impressão digital.

O Governo prevê que, até o final de março, serão emitidas entre 50.000 e 60.000 carteiras, que poderão ser solicitadas nas sedes do departamento de imigração em Croydon (sul de Londres), nas cidades inglesas de Sheffield, Liverpool e Birmingham, na localidade escocesa de Glasgow e na capital de Gales, Cardiff.

A ministra do Interior, Jacqui Smith, afirmou hoje que "a carteira de identidade para estrangeiros substituirá os documentos em papel (concedidos aos não comunitários) e dará aos empregadores uma forma segura de verificar o direito do imigrante de trabalhar e estudar no Reino Unido".

O plano do Governo é que dentro de três anos todos os estrangeiros não comunitários que desejem residir no Reino Unido solicitem a carteira, para que 90% dos estrangeiros tenham esta identificação até 2014.

Após a introdução da carteira para os imigrantes, o Governo começará a emiti-los para os britânicos em 2009, com prioridade aos cidadãos que tenham trabalhos em áreas sensíveis como os aeroportos.

A partir de 2010, estes documentos poderão ser tirados por jovens que assim desejarem e a partir de 2011 e 2012 estarão à disposição dos outros cidadãos. EFE vg/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG