Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Rei Muhammad VI pede acordo entre Marrocos e Argélia

Rabat, 30 jul (EFE).- O rei Muhammad VI do Marrocos disse hoje que a solução dos conflitos no Saara Ocidental passa pela reconciliação entre seu país e a Argélia, e demonstrou estar aberto ao diálogo.

EFE |

No seu discurso, o monarca defendeu que se olhe para o futuro na negociação do conflito do Saara Ocidental e pediu que as questões do passado sejam esquecidas.

"Nosso objetivo é responder aos desejos das novas gerações, que querem ver os recursos e o potencial de Marrocos e Argélia desdobrados para enfrentar os verdadeiros desafios do desenvolvimento", disse.

As declarações tiveram um tom conciliador com as autoridades argelinas e não pouparam mostras de boa vontade para o alcance de um acordo.

Em 18 de março, Marrocos e a Frente Polisário, apoiada pela Argélia, concluíram sua quarta rodada de negociações sobre o futuro do Saara com o acordo de continuar o diálogo, mas sem conseguir avanços significativos.

As divergências mostradas entre Marrocos e Argélia em torno da realização de um plebiscito de autodeterminação do território são a principal causa do congelamento das atividades da União do Magrebe Árabe (UMA), criada em 1989 na cidade marroquina de Marrakech. EFE hm/rb/plc

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG