Rei do Marrocos transmite condolências ao povo polonês

Rabat, 10 abr (EFE).- O Rei Mohamed VI do Marrocos lamentou a catástrofe aérea na qual morreu hoje o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, de quem destacou sua sabedoria e clarividência ao governar o país.

EFE |

O monarca expressou sua "profunda tristeza" ao se informar sobre o ocorrido em carta dirigida ao presidente do Parlamento polonês e agora presidente interino do país, Bronislaw Komorowski, transmitiu seu pesar pela morte de Kaczynski e de todas as pessoas que perderam a vida no acidente.

Em mensagem divulgada pela agência oficial "MAP", Mohamed VI destacou as altas qualidades humanas do presidente, assim como sua "grande competência como homem de Estado, que contribuiu, com sabedoria e clarividência, para fazer o país superar uma fase importante de sua história".

Kaczynski, presidente polonês desde 2005, morreu esta manhã aos 60 anos em um acidente aéreo próximo ao aeroporto russo de Smolensk, quando se dirigia aos atos em memória dos soldados poloneses assassinados pelo serviço secreto soviético em Katyn, em 1940, por ordem do então líder Joseph Stálin.

Segundo o Ministério de Situações de Emergência da Rússia, no acidente morreram todos os 96 passageiros do avião, entre os quais estava a esposa do presidente polonês, vários funcionários de alto escalão e militares de alta patente. EFE mgr/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG