Rei de Tonga é coroado em luxuosa cerimônia ao estilo ocidental

Sydney (Austrália), 1 ago (EFE) - George Tupou V, rei de Tonga, o único Estado da Polinésia com uma monarquia, foi hoje coroado em uma luxuosa cerimônia ao estilo ocidental, à qual assistiram representantes das Casas Reais e Governos de vários países do mundo. O monarca, de 60 anos, que foi coroado mediante o rito cristão, usava uma longa capa aveludada e permaneceu sentado em um trono dourado de quase 2,5 metros de altura. Tupou V chegou à capela na qual ocorreu a cerimônia em uma enorme limusine preta, que atravessou as principais ruas de Nukualofa, capital do pequeno reino. Mais de 1.400 autoridades estrangeiras, entre as quais se destacam o príncipe herdeiro do Japão, Naruhito, a princesa tailandesa Maha Chakri Sirindhorn e os duques britânicos de Gloucester, assistiram ao culto, que teve como pano de fundo um coral de 300 vozes.

EFE |

Às portas do templo no qual Tupou V foi benzido pelo arcebispo da Polinésia, Jabez Bryce, milhares de cidadãos esperavam com bandeiras e cartazes a saída do rei.

Tupou V pode ser o último rei do pequeno arquipélago, depois que ele anunciou que pretende passar gradativamente a maioria de seus poderes ao Parlamento.

O objetivo do monarca é iniciar um processo de reforma da estrutura política do país para que, em 2010, sejam realizadas realizar eleições democráticas, encerrando assim um sistema que vigora há 133 anos.

George Tupou V se tornou monarca de Tonga em 11 de setembro de 2006, dia em que morreu seu antecessor e pai, Taufa'ahau Tupou IV.

Tonga, protetorado britânico até 1970, é um arquipélago composto por 169 ilhas, cerca de 40 habitadas, com uma população que não chega a 120 mil habitantes e cujo principal meio de subsistência é a agricultura. EFE mg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG