Rei da indústria pornô oferece até US$ 1 milhão por escândalos

Larry Flynt vai pagar por informações sobre escândalos sexuais ou casos de corrupção envolvendo membros do governo americano

iG São Paulo |

Getty Images
Larry Flynt em foto de maio de 2011
O rei da indústria pornográfica nos Estados Unidos, Larry Flynt, oferece até US$ 1 milhão (cerca de R$ 1,7 milhão) por informações sobre escândalos sexuais ou de corrupção envolvendo políticos do alto escalão.

Em anúncio de página inteira publicado na edição deste domingo do jornal americano "The Washington Post", ele pergunta: “Você tem informação sobre infidelidade, escândalo sexual ou caso de corrupção envolvendo um senador dos Estados Unidos, um membro do congresso ou um funcionário do alto escalão do governo?"

Se a informação for confirmada e publicada, Flynt e sua revista, a "Hustler Magazine", vão pagar até US$ 1 milhão à fonte, que será tratada com “estrita confidencialidade”.

Essa não é a primeira vez que Flynt usa esse tipo de estratégia para tentar trazer à tona escândalos sobre políticos e autoridades americanas. No ano passado ele também ofereceu US$ 1 milhão como recompensa para quem pudesse produzir provas de ligações sexuais ilícitas pelo então candidato Rick Perry.

(Com informações da AFP.)

    Leia tudo sobre: Larry FlyntgovernoEUAescândaloHustler

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG