Rei belga ampara família sem-teto afegã em castelo

Bruxelas, 12 fev (EFE).- Uma família de sem-tetos afegã será amparada a partir de hoje em um dos palácios usado pelo rei dos belgas, Alberto II, por iniciativa do próprio monarca, informou à Agência Efe um porta-voz do Governo.

EFE |

A iniciativa foi tomada como uma maneira de impulsionar a luta contra o problema dos sem-teto no país.

Está previsto que na tarde de hoje um casal com dois filhos se instale no castelo de Ciergnon (sudeste do país), que faz parte do patrimônio real, mas não é um dos bens particulares do Rei.

Esta família chegou há vários meses a Bruxelas, onde foi amparada após pedir asilo, e a partir de hoje e "até que sua situação melhore", segundo um porta-voz do Governo, ficarão instalados neste castelo.

Este fato é algo "inédito", disse o porta-voz, que destacou ainda o "simbolismo" que existe na atitude do rei, de oferecer uma das dependências que tem a sua disposição para acolher uma família. EFE lb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG